SEGUIDORES

domingo, 3 de abril de 2011

ENTENDEREI...


ENTENDEREI...

As vezes...
Quando um acorde enigmático, de um sol qualquer, de qualquer dezembro
me desperta e surpreende, olho a natureza que me cerca, e entendo que,
o vento balançando os galhos secos, insistente, me diz não...

Entenderei as estações,
assim como,
entenderei o sopro do vento forte, do norte,
esparramando pássaros no meu céu,
e folhas secas, no meu chão.

Entenderei tudo,
menos a minha dor,
de estar longe de ti.

Entenderei os abismos que nos separam,
mesmo que eles, profundos, decidam confundir as montanhas,
só não entenderei a distância que nos separa,
porque ela é abismo e montanha entre mim e ti.

Entenderei os outonos,
que de mim tomarem conta,
e de, qualquer forma,
inventarei sempre primaveras para o meu coração...

Pois os botões que se fizeram espera,
agora, decididamente, florescem nos galhos cecos,
prometendo mudanças.

E... Com o primeiro verde,
que na paisagem morta surge,
já faz renascer em mim,
uma nova e doce ilusão...

Uma esperança... Criança!
Feito flores se abrindo,
numa nova primavera,
para o meu coração.

NENA
(nunca soube se é de autoria própria ou carinhosamente
garimpado à aquele momento muito especial de nossas vidas)

12 comentários:

  1. Lindo e tocante poema! O outono é uma linda estação... Inspira e prepara a vida para a renovação...
    Parabéns por tão belo post!!!
    Amigo, carinhos pra ti...
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Por um amor tempestuoso, vale enfrentar qualquer tempestade.
    Muito bom, amigo!
    Conte com minha volta.

    ResponderExcluir
  3. São blogs como o seu que encantam e emocionam...parabéns pela sensibilidade e talento!

    abraços...

    ResponderExcluir
  4. Oii querido amigo ,amei o poema ,outono é uma das mais lindas estações o poema ficou muito lindo,vc é poeta não poderia ficar melhor, uma semana com muita luz pr vc ti gosto muitoo!

    ResponderExcluir
  5. Olá meu caro amigo Geraldo, louco poeta genial, agradeço sempre sua gentil visita. Que bela e sensível homenagem... a natureza sempre nos emociona e nos torna mais feliz.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  6. Com certeza essas palavras são especiais e nos levam a desfrutar de sentimentos especiais!
    Lindo seu post!
    Beijos
    ALINE

    ResponderExcluir
  7. ...simplesmente lindo!

    bj, poeta!

    ResponderExcluir
  8. Lindo demais ...
    As estações e a vida, tão coerentes...Beijos achocolatados

    ResponderExcluir
  9. Endendi que entre a dose de loucura, a esperança esteve sempre presente. veio a aparecer a finalizar o poema.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. Amigo, vim lhe desejar um ótimo e abençoado final de semana, e te deixar carinhos, viu?
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Amigo, vim lhe dar um abraço e lhe deixar meu sincero e fraterno carinho, viu? Receba-os, pois são de coração!
    Beijos

    ResponderExcluir